Como fizemos um projeto que deu 130.000 acessos únicos e 60.000 cadastros na primeira semana

Esse título chama atenção né? Mas felizmente é verdadeiro 😁

Eu e o Anthony Sousa, criamos um projetinho em uma noite e uma semana depois tínhamos:

  • 130.000 acessos únicos
  • +60.000 cadastros
  • 2º lugar no Google pra pesquisa “lançamento pokemon go no Brasil”
  • +200 menções no twitter (alguns dos meus favoritos: 1, 2, 3, 4)

No final das contas foram mais de 120.000 cadastros!

O projeto

Ele surgiu basicamente assim:

“Anthony, tá no hype do Pokemon GO?”
“Até tô mas não tenho onde rodar”
“Viu aqueles sites gringos pra avisar quando Pokemon GO sair nos EUA? Vamos fazer uma versão BR?”
“Partiu!”

Uma noite depois estava no ar o LançamentoPokemonGOBrasil! Um site simples que avisaria as pessoas, via email, assim que Pokemon GO fosse liberado no Brasil.

Muito do sucesso do projeto, obviamente veio do grande hype em cima do tema. Mas haviam várias outras pessoas também tentando lançar projetos relacionados a Pokemon GO. Por que o nosso deu certo?

Agilidade e foco no que importa

Eu e Anthony somos calejados de hackathons, conseguimos criar apps em apenas 1 noite ou um final-de-semana. Assim que surgiu a idéia, já combinamos a noite do hackathon e criamos tudo rapidinho no esquema MVP!

Focamos em um produto mínimo (o email de aviso do lançamento nem estava pronto ainda!), prestamos bastante atenção ao SEO, percebe-se pela escolha do domínio né? E logo após por no ar, divulgamos em nossas redes sociais e nos dias seguintes focamos no marketing.

Um grande alavancador do crescimento do projeto foi termos saído no IGN Brasil (um beijo pra você @thaistagni) que nos trouxe milhares de acessos o que colocou nosso “loop viral” pra girar, incentivávamos fortemente o usuário a divulgar o projeto após o cadastro.

Aprendizados

Foi MUITO legal ver um projeto nosso, feito tão rapidamente, bombar tanto em pouco tempo. Aprendi que vale muito a pena focar no loop viral do projeto e em divulga-lo fortemente.

Mas o grande aprendizado foi o seguinte: deveríamos ter pensado o quanto antes em como monetizar o projeto! Tivemos mais de 120.000 emails cadastrados mas não os usamos para nada!

Assim que o projeto começou a bombar, deveríamos ter tirado mais um tempo para fazer um brainstorm sobre como monetizar essa base toda e AGIDO. Ficamos extasiados com o sucesso do projeto, o hype passou e perdemos o timing que nos foi tão essencial inicialmente para o sucesso do projeto! 😞

E se eu já tenho um projeto, vale a pena criar um sideproduct?

Claro! Imagine se você possuísse um negócio que fosse interessante para essas 120.000 pessoas,  uma loja de jogos ou produtos nerds, por exemplo. Esse projeto seria uma excelente fonte de leads!

Pergunte-se:

  • qual pequeno problema eu poderia resolver para meus clientes?
  • o que eu poderia fazer para tornar a vida dos meus clientes mais fácil ou mais feliz?

Criar um sideproduct desses pode ajudar a crescer muito suas vendas, por mais que não seja ligado diretamente com o seu negócio. #ficadica

Curtiu a história? Quer fazer parte da próxima?

Como falei, eu, o Anthony e alguns amigos estamos sempre criando sideprojects em hackathons. Criamos dezenas até hoje (fora os que desenvolvemos como freela para terceiros), se você é um designer/ programador/ marketeiro/ “cara foda do comercial” e também curte essas paradas: deixa aí um comentário que temos um slack pra trocar idéia sobre isso 🙂

Se quiser mais algum detalhe sobre o projeto, perguntar algo, só deixar nos comentários também que eu respondo de boa. Nesse post eu tentei fazer um resumo de forma a incentivar a galera a botar pra frente seus próprios projetos, se a gente consegue, você também consegue! 👍

4 Comments

Leave a Comment